|
|

Fundos de private equity: entenda sua importância para a evolução de empresas

Os fundos de private equity muitas vezes podem funcionar como peças essenciais para o desenvolvimentos de empresas mais maduras.

Compartilhe

No cenário dinâmico da economia e dos negócios, os fundos de private equity muitas vezes podem funcionar como peças essenciais para o desenvolvimentos de empresas mais maduras. 

Em relação ao 2º trimestre de 2022, os investimentos em private equity avançaram 7%, de R$ 4,2 bilhões para R$ 4,5 bilhões. 

O aumento pode ser um indício de retomada desse investimento privado no país, segundo pesquisa da ABVCAP (Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital).

A seguir, os tópicos que você vai aprender sobre os fundos de private equity:

  1. O que são fundos de private equity?
  2. Como esses fundos ajudam as empresas?
  3. Private equity no Brasil
  4. Companhias que receberam aportes de fundos de private equity
  • O que são fundos de private equity?

Os fundos de private equity são fundos de investimentos que adquirem participações em empresas privadas, fora da bolsa – geralmente através de Fundos de Investimento em Participações (FIPs). 

Leia mais sobre este setor: 

Além desse “financiamento”, as companhias ainda contam com ajuda na gestão do negócio e na melhora da produtividade como um todo.

  • Como esses fundos ajudam as empresas?

Como introduzimos anteriormente, a relevância dos fundos de capital privado vai muito além apenas do aporte financeiro. Esses executivos compartilham sua expertise em gestão e conhecimento setorial, junto a um valioso suporte estratégico.

Aprenda mais:

Tudo isso contribui para a otimização dos processos internos, a identificação de oportunidades de mercado e a definição de estratégias de longo prazo. Ao alinhar interesses e recursos, os fundos de private equity elevam o potencial de sucesso das companhias investidas.

  • Private equity no Brasil

Durante o primeiro semestre, a incerteza acerca da política econômica, o cenário de inflação elevada e a ausência de indícios quanto à redução das taxas de juros mantiveram os investidores cautelosos em relação ao private equity.

Enriqueça seu conhecimento:

Cenário atual: no entanto, o panorama deste segundo semestre revela uma transformação desse cenário. Os aportes cresceram 28%, entre abril e junho, em relação aos três meses anteriores, de R$ 3,5 bilhões para R$ 4,5 bilhões, segundo o mesmo relatório da ABVCAP.

  • Companhias que receberam aportes de fundos de private equity

A Gol, uma das maiores companhias aéreas do Brasil, recebeu investimentos de fundos de private equity, como da TPG Capital, permitindo que a empresa expandisse sua frota, além de modernizar suas operações e conquistar uma posição mais forte no mercado de aviação.

Já a Santos Brasil, empresa líder em operações portuárias, contou com o apoio de fundos como o da Patria Investimentos. Esse suporte financeiro e estratégico possibilitou à empresa expandir sua atuação para outros portos, entre outras vantagens. 

Explore mais o mercado privado:

No caso da Arezzo&Co, uma das maiores marcas de calçados e acessórios do Brasil, foi impulsionada por um fundo da Gávea Investimentos. 

Com ele, a empresa ampliou sua presença no varejo, realizou aquisições estratégicas de marcas complementares e consolidou sua posição como líder no mercado de moda e varejo de calçados.

Crie sua carteira e invista no mercado privado


Publicado por Equipe DXA Invest.

Agradecemos pelo interesse! Entraremos em contato em breve.
Não foi possível enviar! Por favor, tente novamente.
PT